quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Incubadoras vão receber atenção especial em 2012

As incubadoras de empresas vão receber atenção especial por parte do SEBRAE no próximo ano. O anúncio foi feito pelo diretor técnico do SEBRAE, Lázaro Mangabeira, durante o III Encontro Potiguar de Incubadoras de Empresas realizado em Natal, no início da semana. Atualmente, o Rio Grande do Norte conta com 9 incubadoras e mais quatro estão programadas para ser implantadas no próximo ano. “Precisamos aproximar as incubadoras da sociedade”, frisou o diretor.
No Encontro, a Incubadora do Agronegócio de Mossoró foi uma das três convidadas para apresentar para as demais o trabalho desenvolvido pela IAGRAM. As outras duas foram a NIT, do IFRN e a CITEC’S, da UERN. Como boas práticas de incubação, o coordenador da IAGRAM/UFERSA Giorgio Mendes, apresentou o trabalho que vem sendo desenvolvido na AQUAPO – Associação dos Apicultores do Apodi; na Vivenda’s Mudas e Plantas Ornamentais e na EMJUZ – Empresa Júnior de Zootecnia. Além disso, foram apresentadas as experiências das cinco empresas graduadas pela IAGRAM/UFERSA.
Durante a apresentação, o coordenador ressaltou o trabalho logístico oferecido pela Incubadora com treinamentos, infraestrutura e serviço gerencial para o desenvolvimento das micro e pequenas empresas. “Também disponibilizamos laboratórios da UFERSA e assessoria técnica para pequenos produtores rurais”, frisou.
 
Outro diferencial da IAGRAM/UFERSA é o desenvolvimento de ações sociais como as campanhas filantrópicas Natal Solidário, realizado ano passado e, o Natal Rural, desse ano. A doação de alimentos não perecíveis foi outra iniciativa. Os alimentos foram arrecadados mediante a inscrição no II Seminário da IAGRAM/UFERSA que contou com 200 participantes.
“Estamos sempre procurando agregar valor aos produtos dos nossos incubados”, frisou, apresentando aos participantes a árvore natalina confeccionada a partir de saches de mel. “Está faltando saches devido a grande aceitação comercial das árvores”, disse Giorgio.
EDITAL – Durante o encontro o SEBRAE apresentou o Edital CERNE – Centro de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos, voltado exclusivamente para incubadoras de empresas. O valor total disponibilizado é de R$ 28,2 milhões, com projetos individuais de até R$ 300 mil. “Esse investimento é o maior da história da parceria do órgão com as incubadoras”, ressaltou Maria de Lourdes da Silva, coordenadora do CERNE a nível nacional.
O Edital CERNE é voltado para a implantação, aplicação e manutenção de práticas em micro e pequenas empresas incubadas. Para concorrer ao Edital, às incubadoras devem estar em operação há pelo menos cinco anos. Outra exigência é que tenha pelo menos dez empresas incubadas e cinco graduadas. As incubadas que não atendem a essas exigências poderão participar como afiliadas de uma incubadora madrinha, com projetos construídos conjuntamente no valor de até R$ 120 mil. A IAGRAM/UFERSA é uma das que tem a possibilidade de ser incubadora madrinha, atendendo a todos os requisitos do Edital/CERNE.
Além da apresentação do Edital e da troca de experiências, o III Encontro Potiguar de Incubadoras de Empresas serviu para debater temas voltados para o empreendedorismo, a sustentabilidade, o planejamento estratégico e lançar a nova incubadora do IFRN – Incubadora Técnica de Melhoramento Genético de Bovino, em Currais Novos. Além da IAGRAM, participaram representantes das incubadoras NIT, INEAGRO, CITECS, Petroleo e Gás, Melhoramento Genético, Cultura e Artes, Textil e NATA.
 


Um comentário:

Walter F Leite disse...

Promover o desenvolvimento local/regional através de boas práticas, só é possível alcançar os melhores resultados quando se tem um grupo unido na Ousadia, Proatividade, Flexibilidade, Transparência e Atitude Positiva como vimos no III Encontro de Incubadoras do Rio Grande do Norte. Parabéns a todos. Feliz Natal e Ano Novo cheio de grandes realizações.Meu abraço ao Giorgio e sua equipe.